Amigos do Meio Ambiente e da Vida

Importância do silêncio

“Somente agora, percebia quão distanciado vivera das leis sublimes que regem a evolução das criaturas. A Natureza recebia-me com transportes de amor. Suas vozes, agora, eram muito mais altas que as dos meus interesses isolados. Conquistava, pouco a pouco, o júbilo de escutar-lhe os ensinamentos misteriosos no grande silêncio das coisas.” – Espírito de André Luiz – “Os Mensageiros”

No tumulto das cidades modernas, envolvidos pelo constante zumbido de máquinas e o ruído de uma vida apressada, muitas vezes nos esquecemos dos delicados sons da natureza, da sinfonia tranquila que ecoa pelas florestas e campos. É como se estivéssemos desconectados de uma parte essencial de nós mesmos, mergulhados em um mar de barulho que sufoca nossa alma e obscurece nossa percepção.

No entanto, existe um convite sutil que a Natureza nos faz, um convite para mergulhar no silêncio profundo que permeia suas paisagens. É nesse silêncio que encontramos a chave para reconectar com a Criação Divina, para ouvir os sussurros dos ventos nas árvores, o murmúrio suave dos rios que dançam entre as pedras e o canto melodioso dos pássaros que adornam o céu.

No Dia do Silêncio, somos chamados a desligar o barulho ensurdecedor das preocupações cotidianas e nos permitir ser envolvidos pela tranquilidade que a natureza oferece. É um convite para ouvir com o coração aberto, para sentir a vibração da vida que pulsa em cada folha, em cada raio de sol que acaricia a terra.

Nesse silêncio, encontramos não apenas a paz que tanto buscamos, mas também a oportunidade de refletir sobre nossa relação com o meio ambiente e com todos os seres que compartilham este planeta conosco. É um momento para reconhecer a importância de preservar e proteger a natureza, de cuidar das plantas e dos animais que são nossos irmãos nesta jornada terrena.

Através do silêncio, abrimos as portas para uma profunda reconexão com o meio ambiente e com a vida em sua plenitude. É um lembrete gentil de que, apesar do frenesi da vida moderna, sempre podemos encontrar um refúgio de paz e harmonia na serenidade da natureza. Que possamos, então, acolher esse convite com gratidão e reverência, e permitir que o silêncio nos guie de volta ao nosso verdadeiro lar: a união com a Criação Divina.

#DiaDoSilêncio

#ConexãoComANatureza

#PazInterior

#VidaSustentável

#AmorÀNatureza

1 comentário

  • Roberto Caldas

    O silêncio em meio à natureza, com o “pano de fundo” do vento, das aves, das folhas caindo… o ser humano está com fome disto, mas muitos nem percebem esta necessidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações populares

Sobre o AMAV

logotipo AMAV

Buscamos conectar ecologia e espiritismo e promover uma relação consciente com meio ambiente e a vida

Siga-nos

Grupo de estudos do amav

Edit Template

AMAV © 2024 – Todos os direitos reservados